domingo, 15 de setembro de 2013

Sebastian Bach prova que o Mötley Crüe realmente o convidou para entrar na banda


Sebastian Bach postou um link de uma entrevista realizada em 1994, com o baixista do MÖTLEY CRÜE, Nikki Sixx, na qual o ex-vocalista do SKID ROW, aparentemente, se sente confortável sobre a alegação em que ele realmente havia sido convidado para substituir Vince Neil como o frontman do Mötley Crüe.

"Aqui está uma entrevista fascinante com @nikkisixx onde ele descreve que a banda estava ensaiando com Sebastian Bach. Divirtam-se!", escreceu Sebastian em sua página no Facebook, antes de seguir o post com: "ABSOLUTAMENTE VERDADE @nikkisixx narra como foi! O livro de Sebastian Bach estará nas prateleiras em breve... #Rumo a Vitória # # # Ops Não se Deve Fazer Essas Coisas # # # Eu Não Estou Ficando Doido # Sem Mentiras # Beleza! # Alguém Me Deve Desculpas # # Obrigado Pela Campanha Publicitária # I Remember You #".

No video mencionado (que pode ser visto abaixo, pule para os 3:50), pode-se ouvir Nikki dizendo para o apresentador Riki Rachtman do programa da MTV americana, "Headbanger's Ball": "Nós dissemos que devíamos isso a nós mesmos, pelo menos, ver o que sentiríamos e como seria ter um vocalista diferente. Às vezes, quando Vince estava fora da cidade ou fora do que ele deveria estar fazendo, Sebastian Bach vinha e ficava com a gente. Nós ensaiávamos. Precisávamos de um vocalista para ensaiar. Então ele cantava. Steve Perry do JOURNEY veio um tempo só para conhecer todo mundo. E ele também cantou. Então nós meio que tivemos a sensação de como seria ter um vocalista diferente. E nós dissemos, o mínimo que podemos fazer é experimentá-los antes de nós, você sabe, acabarmos logo com isso. E nós conhecemos John (Corabi) e foi mágico".

Neil foi demitido do Mötley Crüe em 1992 devido diferenças pessoais e foi substituído por John Corabi. Com Corabi nos vocais, o MOTLEY CRUE lançou um álbum criticamente aclamado, mas que acabou sendo um fracasso nas vendas, devido a disparada do grunge nas listas de Top 10.

Depois de Bach revelar em três palavras no Twitter de um fã, no dia de agosto, que ele foi convidado a participar do Mötley Crüe há mais de duas décadas atrás, Sixx rapidamente respondeu que a versão de Bach para o evento nunca aconteceu. Sebastian, em seguida, foi para sua página no Facebook e descreveu com alguns detalhes as circunstâncias por trás de ter sido convidado a participar do Crüe, que incluiu a participação em ensaios de um dia inteiro com a banda e uma série de telefonemas entre os vários empresários, agentes e executivos da gravadora. "Fui trazido para o ensaio por Tommy Lee, e eu passei um dia inteiro cantando um repertório com o Mötley Crüe", Bach escreveu. "Eu me lembro das músicas que Nikki me pediu para cantar naquele dia. Lembro-me da reação em êxtase de toda a equipe de turnês por estarmos tocando juntos durante todo o dia. E eu me lembro muito da generosa e gentil oferta de Nikki, no final do nosso ensaio, para que eu me juntasse a banda. Me lembro de suas exatas palavras, que ele me disse na frente de toda a equipe, Tommy e Mick (Mars) também. Não é todo dia em que seu herói te pede para se juntar a sua banda".

Bach não revelou todos os detalhes do que se passou naquele dia, prometendo aos seus seguidores do Facebook que ele vai contar a história completa onde Nikki o convidou para participar do Mötley Crüe no seu próximo livro, que chegará às livrarias em breve.

Ele acrescentou: "Eu não estou simplesmente 'inventando'...Eu não sou um mentiroso. Eu estou trabalhando em meu livro agora e estou ansioso para que todos possam ler. Estou pensando em colocar mais informações no meu livro, assim como um dos meus tweets".

Nesta última sexta-feira (13 de Setembro), Nikki twittou o que parecia ser uma resposta ao curto discurso on-line de Bach: "Alguém precisa de atenção para tentar vender alguns livros".

Nenhum comentário:

Postar um comentário